quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Chuva, Amor e Chocolate Quente.


Imagem: Deviant art SheerieTheFay

             

            A chuva caia forte como uma vingança, o barulho grosseiro da chuva na vidraça e sob o teto, me davam uma sensação gostosa de medo. Estava frio, úmido, triste. Sentada em frente à janela larga de meu quarto, no meu colo um livro aberto, a primeira linha lida cinco vezes, meus pensamentos estavam se encontrando com a chuva,sendo levados pelos sulcos, escorrendo pelo esgoto, dando em lugares que me deprime estar. 
             Paro com as minhas tentativas ridículas de leitura, minha mente teimosa não me obedece, olhando pela janela, além da nevoa fria que se forma em volta da casa, vejo um borrão preto em frente o portão grande de ferro, pisco várias vezes na tentativa de enxergar, minha visão vai desanuviando, quando o enxergo, todo molhado, vestido apenas uma camiseta fina e calças jeans, em cima de sua moto grande e barulhenta. Idiota! O que ele pretende agindo de uma maneira tão tola? será que acha mesmo que vai me enternecer estando lá fora, exposto ao frio, sem agasalho, com essa chuva torrencial? Pois estava dando certo, maldito! Ia acabar se matando o idiota.
             A forte chuva me impedia de ver claramente suas feições, me dirigi à varanda e esperei, meu coração pulsava na garganta, tremia por baixo de quase dez centímetros de agasalhos, ele vinha devagar, era impossível ler suas expressões por baixo de tanta água. Levei um susto quando ao se aproximar seus lábios estavam roxos, seu rosto lívido, olhos vermelhos, o puxei para junto de mim, sem pensar tirei sua camisa, suas calças, expondo um corpo perfeito e definido, o abracei, jogando o grosso cobertor por cima de nosso corpos, a fim de aquecê-lo, ele tremia e tentava falar ao mesmo tempo, levei-o para dentro, deitei junto com ele no sofá. “Louco! Essa foi à maneira mais idiota que eu já vi de pedir desculpas a alguém”. Fiz um chocolate quente. Enquanto tomava, sua cor voltava de novo à face, sua boca tomava o maravilhoso tom que eu tanto gostava. Deixou o copo de lado, me olhou com aqueles olhos que tem o azul mais carregado e intenso que já vi, e eu senti que ele não precisava dizer mais nada, tudo estava perdoado. De sua voz rouca as palavras se formavam falhas “O que eu disse ontem foi a coisa mais idiota que já disse na minha vida, estou tão apaixonado por você que estou desesperado, seria mais fácil se não tivesse, você não vê? Tenho medo de sofrer, você é coisa demais para mim.” Com meus dedos finos o silencio, minha boca a poucos centímetros da dele, sentindo sua respiração quente, o cheiro cálido de seu corpo. Suas mãos agarram meu cabelo, puxa para si e alcança minha boca, num beijo quente com gosto de chocolate meio amargo, deita por cima de mim enquanto acaricia minha pele e tenta se desfazer de meu cobertor. Seus abraços, seus carinhos, seu gosto, a respiração se misturando com a minha. Sem vertigens de dor, o calor do seu amor me aquecia, limpava minha alma, entorpecia meus pensamentos. Promessas, carinhos, ternura... Não quero pensar no amanhã, viver o momento é tão mais gostoso. Vou nadar nessa piscina azul escura, e se eu afundar novamente, terei que aprender a respirar de baixo d´agua.
            Talvez amanhã isso tudo não valha a pena, o que eu não posso é me permitir abdicar das chances que eu tenho de ser feliz, mesmo que por um tempo indeterminado. Como dizia Vinicios, que seja eterno enquanto dure.




[Poliana Fonteles]



"As três coisas mais difíceis do mundo são:
guardar um segredo, perdoar uma ofensa
e aproveitar o tempo."


[Benjamim Franklin]

43 comentários:

  1. Oi Poliana !


    Eternidade é o que fica em nossa memória ...



    BjO grandeeee !
    :)

    ResponderExcluir
  2. Juntos com um sol que brilha, e uma triteza que reina em corpos já cansados, tão jovens, tão limpos, tão medrosos, correndo atrás de um arco-iris que ñ tem fim, só querendo navegar em águas tranquilas e mágicas... Tao irreal pode ser a realidade onde se disvirtua o ser e o querer em sonhos loucos quase imposíveis de viver...

    BeijooOs

    ResponderExcluir
  3. Essas três são uma combinação perfeita.

    Quanto à sua pergunta sobre "Jóias", você pode interpretar a vontade o motivo de eles teram virado diamantes.

    Mas se quiser algo mais fácil, pense em eternidade...

    Muito sucesso para você.

    http://cogumex.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Poliana
    Obrigada pela visita.
    Você escreve muito bem, deveria pensar em escrever um livro, parabéns
    izil

    ResponderExcluir
  5. E não é que o Ben está certo...
    Ta ai três coisas difíceis de se colocar em pratica o tempo todo.

    Kisses
    Thaty
    PEdaços do Cotidiano

    ResponderExcluir
  6. Que Perfeito!!!
    Pra você não há limites, a cada texto surpreende...fico suspensa no ar, voando no mundo da imaginação quando leio seus textos, e to falando sério!!!

    "e se eu afundar novamente, terei que aprender a respirar de baixo d´agua"

    isso foi show!!!
    amo

    ResponderExcluir
  7. Olá Poliana!
    Ouça o sussurro do vento segredando mistérios entre as folhas dançarinas das árvores, ouça o romântico canto das ondas acariciando a areia da praia, ouça o eco de vozes milenares no meio das montanhas, ouça os sons agitados da cidade, ouça o chamado da vida e se alegre. Viver é sorrir, cantar, dançar, festejar, aproveitar intensamente o presente com os olhos no amanhã.
    Estou seguindo seu blog, gostei do conteúdo e de você. Quando tiver um tempinho, faça-me uma visita, ficarei contente em vê-la naquele espaço.

    Beijos,

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  8. Que lindo menina doce e meiga!
    Linda Poly...encantadora!
    Estou encantada com seu texto...
    Vc escreve com tanto sentimento...sua alma
    transparece em suas palavras...e toca fundo o coração da gente!

    Vc tem alma de escritora, escreve com o coração...sentimentos em palavras!

    Amo estar aqui...vc me arranca suspiros de emoção!

    Beijos com ternura e abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
  9. Olá, gostei daqui, do conto, adoro contos rs, já a sigo hein abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi Poly, lindo de viver seu blog, estou seguindo tbm..um beijo pra ti lindona!

    ResponderExcluir
  11. a vida é feita de "agoras" pra sempre é muito tempo

    não está sendo inpertinente Poliana..rs
    tenho 35 anos :D

    beijos cintilantes

    ResponderExcluir
  12. Precisamos aprender a conviver com os defeitos e as "idiotices" dos outros, é essencial!

    Precisamos deixar o orgulho de lado e perdoar, perdoar a si mesmo por perdoar os outros, já que não perdoar proporciona dores incalculáveis.

    Beijos Polyyyyyyy adooooro

    ResponderExcluir
  13. oiieee

    Obrigada pela visita!!! fico feliz que tenha gostado, segue a gnt então!!!

    Belo blog, uma graça, tem mensagens mto profundass!!!

    Gostei da frase do Benjamin Franklin!!!

    Bjosss~***

    Nah =^.^=
    www.vaidadesutil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Oii Poliana li seu texto e amei!!! *.*
    que lindo!!!o seu blog tmb é mto fofo

    Obrigada por visitar meu blog!!!

    e sobre a frase é minha, mas pode usar no seu blog sim!!!será uma honra hehe

    Bjoo sigo-te

    ResponderExcluir
  16. e se eu afundar novamente, terei que aprender a respirar de baixo d´agua.
    é isso aí . tentar sempre e viver cada momento.
    Aproveitar a oportunidade.
    Adorei o chocolate.

    ResponderExcluir
  17. A chuva, o livro e as vontades,bem misturadas.
    E toda Aquela coisa de da certo no ar,sera que vai ficar?

    MUito bom moça!

    ResponderExcluir
  18. Boa noite eu achei seu blog muito interessante e os textos são super legais, se possível me siga também e visite meu blog,abraços...

    http://lamoremiopersempre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Nossa, você escreve muito bem!
    Realmente são coisa difíceis de praticar.
    Obrigada pela visita no meu blog e tenha um ótimo fim de semana.
    BJos.

    ResponderExcluir
  20. olá vim aqui agradecer por me visitar e tb me seguir bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá escritora! Sim, escritora!

    Vim aqui agradecer pela visita ao meu blog e me deparo com esses textos lindos. Parabéns. Estou lhe seguindo e voltarei sempre.

    Com carinho do Milton!
    http://postsabeiramar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Coisa mais linda!!

    bom final de semana! beijocas

    ResponderExcluir
  23. Olá Poliana,
    Primeiramente obrigada pela visita no FOTOS e pelas palavras carinhosas que lá deixou. Demorei um pouquinho para chegar aqui(o que não é costume meu) mas valeu a pena vir! Sua crônica é apaixonante, coisa boa ser jovem não é Poliana? Ser feliz é viver com a intensidade que o coração nos manda, um grande abraço!

    ResponderExcluir
  24. Poliana, mas que texto mais lindo e que texto mais perfeito! Adorei e ja estou seguindo.
    Obrigada pelo carinho e que bom que gostou do meu cantinho, seja muito bem vinda em meu blog e em minha vida viu.
    Beijos em teu coração.

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Lindo seu blog, voltarei com mais calma para ler seus textos,

    obrigada pela visita!!

    Bjs,

    ResponderExcluir
  26. Vim retribuir a visita e não consigo parar de ler.
    Vc escreve muito bem!
    Parabéns!
    Voltarei mais vezes.
    ;)

    ResponderExcluir
  27. Olá Poliana...

    Vim retribuir sua visitinha e fui pega por esse texto que me prendeu do início ao fim,sem piscar,rs...se tivesse 10 capítulos ficaria lendo sem me importar com o tempo.

    Que lindo,parabéns!!!

    Voltarei aqui sempre...

    Beijinhos :)******

    ResponderExcluir
  28. Poly, vim te deixar um beijO e te contar que deixei um selo pra vc no blog..!
    passa lá, ta?
    BeeijO!

    ResponderExcluir
  29. Poliana, tb adorei o teu blog!
    Há muita inspiração por aqui... Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Olá, Poliana...
    Tentar e jamais desistir é marca dos vencedores!
    O tema me lembrou feriadão com chuva... rs Só faltou o amor... kkkk
    Gostei muito do texto. Parabéns!
    Bjs e estou seguindo.
    EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  31. Que chocolate quente bom de tomar!
    Assim é seu texto, tanta doçura,Poly!!!

    Um encantamento que a gente arrasta pra onde vai!

    BjoS!!!
    Bom fds!!!

    ResponderExcluir
  32. Oi linda Poly!
    É sempre bom estar aqui com vc...
    Passando pra te dizer que tem um presentinho
    pra vc lah no meu blog...é com muito carinho viu?!


    Beijos adorooooo vc menina linda!

    ResponderExcluir
  33. Oi linda!
    Bom vc salva o selinho no seu pc...e depois posta ele no seu blog...e depois presenteia 5 blogs bem queridos....sei que eh dificil escolher soh 5,mas eh a regrinha...eu ate´quebrei essa regrinha e indiquei 6 blogs...rsss
    E no post vc diz o nome da pessoa e o nome do blog que te presentiou...

    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  34. Que lindo menina, adorei como descrevestes cada detalhe desse momento, maravilha...
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  35. Oi querida! antes de mais nada obrigaa pela visita em meu blog ;)

    e essas tres misturas são a combinação perfeita para viver este momento lindo!

    grande beijo

    ResponderExcluir
  36. é, um dos conselhos que os homens recebem dos homens é: não discorde, vc esta errado. Se discordar, nao faça por mto tempo, vai piorar sua situação. Fez merda, diga que é um idiota, que agiu por insinto, ou amor, peça desculpas e diga que ela estava certa e que ela é muito para você. Depois disso dê muitas promessas e dê uns bons amassos. Sempre dá certo.

    É esse o conselho que os homens dao aos homens.

    Gostei do texto, do ambiente tambem.

    Bom feriado.

    ResponderExcluir
  37. Adorei! Me intriguei imaginando o que teria acontecido antes para chegarem nessa situação. Histórias com começo e/ou final aberto geralmente me agradam.

    Lindo textos e adorei a reflexão do Benjamim F.!*-*

    http://caixinha-de-tudo.blogspot.com

    x.o.x.o.

    ResponderExcluir
  38. Não sei se a história é verdadeira, mas uma coisa é certa: como é bom fazer as pazes, não? Pena que a matéria prima disse é uma briga, né?...rs. Mas você disse uma grande verdade, temos de viver o momento, na melhor forma em que ele se apresenta. Gostei muito daqui e espero que volte no Fenixando também. Beijo!

    ResponderExcluir
  39. ei, amiga...vc é excepcional. E a forma com escreve me causa arrepios.. me envolve e joga na história mesmo sem querer, prende-me a elas de uma forma surpreendente que me deixa triste quando acaba, fico sempre com o gosto de quero mais, sempre querendo viajar mais um pouquinho neste mundo, flutuar nesse oceano de palavras que criastes...e me causam arrepios também de felicidade, uma enorme felicidade e de certa forma orgulho!!Afinal, és minha amiga, eu a amo e fico muito contente por tão grande talento e destreza...bjjoosss....Amo tu!!Marcília

    ResponderExcluir
  40. lidenize sobreira alves rouba o inss da capitald o recefe pernabuco poit sodo meu beneficio do inss e uolrran dougllas sobreira cruz é guy e vai beija clauoid na praça padre cicero do jzaueiro do norte ceara brasil

    ResponderExcluir
  41. Would you please give credit for the picture?
    It is taken from my gallery although it clearly states that it should not be used without permission.
    http://sheeriethefay.deviantart.com/art/Hot-Chocolate-Love-109030079

    ResponderExcluir

É PRECISO PRAFORIZAR-SE...