segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A dor disciplina o coração...

              
     Ana recordava a lembrança do engasgo, do choro incontido, a verbalização dos sentimentos brutos, saídos diretamente do coração, sem vias na razão, sem passagem lógica, hoje esses produtos ocasionavam o riso. A vértice das decisões não planejadas eram passiveis de serem analisadas minuciosamente, e no presente momento de conjeturar o passado, o faz com precisão, de olhos abertos, pés no chão,sobre a sombra da justa decisão de amar-se intensamente primeiro. E os vislumbres anteriores se tornam quadro negro com uma multiplicação complicada na qual Ana se esforça a entender, aos poucos a sanidade a alimenta e vê uma soma simples, como dois mais dois, fácil de resolver, tolo de entender.
    O coração engana a razão, assim nos tornamos prisioneiros de nossos sentimentos, nos alimentando e vivendo em torno de um anseio que nem mesmo é saudável para nós. A ilusão é tão densa que abrimos mão do ser.
    E mesmo no entendimento justo do passado cego, Ana aprisionou seu coração, como um castigo doloroso de quem não sabe amar. Ana teimosa, coerente e medrosa. “Quando eu estiver pronta” ela fala. Como saberá se aprendeu se tem medo de tentar novamente? Amar é também arriscar-se, com novas escolhas, nova fórmula, nova Ana.


Poliana Fonteles


Ps.: Não pude resistir, o que me marca tem de ser praforizado.
Esse texto é para você que me mostrou lembranças...roubei-as. 

6 comentários:

  1. Olá Poliana,
    Vim retibruir sua visita a meu blog...gostei muito de seus escritos, voltarei mais vezes para te visitar.Já estou te seguindo.Este post me lembrou Kierkegaard..."Quem se arrisca na vida perde o chão por um momento,quem nunca se arrisca perde a vida toda"

    beijos.

    ResponderExcluir
  2. a dor faz com que agente aprenda
    mais não tenha medo da dor.
    lindo inicio de semana bjs

    ResponderExcluir
  3. Ei, Poliana,
    Adorei seu carinho lá no meu vivaagora, me fez mais feliz! E o que é melhor: me trouxe aqui, neste seu cantinho lindo, feito, certamente, com alma e coração!
    Voltarei.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Lindo!!!
    Que muitas Anas surjam e te façam única, querida.
    Bjo e sorrisos pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Oi amigaaa Linda, como senti saudades daqui, de voce...!

    Desculpe por ter sumido, andei dustante por um longo tempo, mas agora estou de volta... "O coração engana a razão, assim nos tornamos prisioneiros de nossos sentimentos", é assim que estou no momento, mas ainda tenho esperança de salvar meu casamento, que hoje faz 1 ano...esse é o tema da minha mensagem, no meu retorno pra ficar para sempre com voceis no meu blog...Suas mensagens iluminam minha alma e meu coração!
    Beijos com muito carinho e saudades...Elzira Dourado

    ResponderExcluir

É PRECISO PRAFORIZAR-SE...